Fale conosco pelo WhatsApp

Hérnias

homem com dor na barriga por possivel hérnia

Tratamos por parede abdominal todo o revestimento muscular e aponeurótico que existe logo abaixo da pele e dá sustentação aos órgãos presentes no abdômen. Em uma pessoa saudável esse revestimento muscular é contínuo e livre de falhas funcionando como um envelope que contém e protege o conteúdo abdominal. Já existem pacientes que apresentam um enfraquecimento, resultando no surgimento de hérnias.

O termo hérnia tem origem no latim, e sua tradução literal seria a ruptura de uma parte de determinada estrutura. Desta forma entende-se por hérnia a presença de qualquer defeito ou orifício anormal nos tecidos corporais. Assim as hérnias da parede abdominal se caracterizam pela protrusão de um órgão ou víscera através de um orifício anormal presente na parede muscular do abdômen.

Para tornar o entendimento da patologia e demais cuidados acerca do tema mais simples, confira informações importantes sobre o surgimento das hérnias.

Visualmente a hérnia consiste no aparecimento de um abaulamento, ou seja, uma protuberância em qualquer parte da região abdominal. Como mencionado, ocorre por algum defeito na parede abdominal. Ao apresentar falhas ou espaços sem proteção, permite que parte dos órgãos internos ultrapassem esse espaço e se sobressaiam, resultando em abaulamentos visíveis.

Esse abaulamento pode ser pequeno, muito similar a um nódulo de gordura, ou atingir proporções bastante significativas. Por vezes pode ser uma condição pouco sintomática, mas em muitos casos é motivo de dor, prejuízo funcional e grande incomodo estético. Em situações mais graves pode levar até mesmo a necessidade de tratamento cirúrgico emergencial.

Os fatores responsáveis pelo surgimento das hérnias podem ser divididos em duas categorias, os congênitos e os adquiridos. Os congênitos são aqueles que já acompanham o indivíduo desde o nascimento, decorrentes de defeitos no período de formação tecidual. Os adquiridos são condições que ao longo da vida aumentam a chance de que se desenvolva uma hérnia, como: obesidade, tabagismo, gravidez, doenças pulmonares e hepáticas crônicas, entre outros.

A maneira mais usual de se subdividir as hérnias é pela sua localização, ou seja, pela parte do corpo onde está o problema. Quase todos os segmentos corporais de alguma maneira podem ser acometidos por algum tipo de hérnia.

A Hernia Care é uma clínica especializada no tratamento de pacientes portadores de hérnias localizadas especificamente na parede abdominal.

Existem diversos tipos de hérnias localizadas em outras partes do corpo, como, por exemplo a hérnia de disco, que está localizada na coluna vertebral. No entanto, esses casos são tratados por médicos de outras especialidades, as hérnias de disco por um neurocirurgião ou ortopedista.

Das hérnias da parede abdominal, as mais comuns são:

Hérnia umbilical: Como o próprio nome diz, a hérnia aparece na região do umbigo, sendo comum em pacientes obesos, com distensão abdominal, em gestantes e portadores de cirrose hepática.

Hérnia inguinal: É a mais frequente na população, em geral e consiste no surgimento de abaulamentos próximos à virilha. Acomete tanto homens quanto mulheres e exige tratamento cirúrgico para correção.

Hérnia epigástrica: Neste caso o abaulamento surge na linha mediana do abdômen, acima do umbigo.

Hérnia incisional: A incisional tem relação direta com cirurgias anteriores na região abdominal. Para realização de qualquer cirurgia no abdômen é necessária a abertura da parede abdominal para acesso aos órgãos internos. Ao final é preciso fechar essa abertura com pontos. A hérnia incisional acontece quando por algum motivo esse fechamento se abre posteriormente, ocasionando um defeito, uma falha, na parede muscular.

Os sintomas de hérnia mais comuns são:

  • Presença de abaulamento no abdômen;
  • Dor no local;

Em algumas situações uma hérnia pode se tornar uma condição de urgência e necessitar a procura imediata do hospital. Isso acontece quando algum órgão abdominal fica preso no interior da hérnia, causando dificuldade no fluxo sanguíneo para este órgão. O termo médico para isso é encarceramento ou estrangulamento da hérnia e muitas vezes demanda tratamento cirúrgico imediato.

Nesses casos o paciente costuma se queixar de muita dor no local, sensação de que a pele está “dura” e vermelha, e pode apresentar também enjoo e vômitos.

O tratamento das hérnias se baseia, principalmente, na correção cirúrgica do defeito. A maneira como isso pode ser feito varia de acordo com cada tipo de hérnia e de cada paciente.

As opções variam desde cirurgias abertas, ditas convencionais, a técnicas minimamente invasivas como a videolaparoscopia e cirurgia robótica. Cada modalidade tem suas particularidades, suas vantagens e desvantagens. Julgar a melhor opção para cada caso é o trabalho do cirurgião especialista em hérnias.

Um time dedicado ao tratamento das hérnias é capaz de identificar qual a melhor estratégia a ser adotada para cada situação em particular. Na Hernia Care, somos capazes de oferecer todas as opções de tratamento cirúrgicos mencionados. Contamos também com um grupo multidisciplinar composto por cirurgião plástico, endocrinologista, nutricionista e enfermeiros prontos a complementar a atuação dos cirurgiões quando necessário, melhorando o resultado para nossos pacientes.

Agende uma Consulta

Sergio Roll
CRM 44231

  • Doutorado em Medicina pela USP
  • Vice-Presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica
  • Ex-Presidente da Sociedade Americana de Hérnia

Atendimento particular
de segunda à sexta,
das 09h00 às 18h00.

Preencha o formulário e aguarde nosso contato
ou se preferir, ligue no (11) 4324-4695.