Fale conosco pelo WhatsApp

Exame para diagnosticar hérnia inguinal

Médico segura o resultado de um exame de hérnia inguinal
11jul, 2019

Poucos pacientes sabem, mas o exame de hérnia inguinal pode ser feito em consultório de forma simples e totalmente indolor.A presença de um abaulamento na virilha já é o indicativo da condição, sendo que por meio da palpação já é possível obter o diagnóstico preciso.

O exame de hérnia inguinal feito com o auxílio da ultrassonografia é capaz de mensurar a dimensão do abaulamento eaté colaborar para indicar a metodologia cirúrgica que melhor tratará a condição.

Como é o exame físico da hérnia inguinal?

Os procedimentos podem ser feitos em consultório ou em laboratório de diagnóstico. No consultório, além do exame físico de hérnia inguinal feito com palpação, como mencionado, o médico pode solicitar ao paciente que assopre as mãos fechadas bem forte, e verificar se a protuberância se faz presente na virilha durante o esforço abdominal.

Quando esse abaulamento é muito pequeno e pouco perceptível, o médico cirurgião pode solicitar exames de imagens como a ultrassonografia, tomografia e até mesmo a ressonância. O ultrassom é o exame de hérnia inguinal mais comum e de menor custo ao paciente que não é assistido por um convênio médico.

Entretanto, quando o exame de hérnia inguinal por meio do ultrassom se mostra inconclusivo, ou seja, não foi possível confirmar o diagnóstico, é necessário a realização da tomografia ou da ressonância para confirmação da patologia.

Quanto custa o exame para detectar hérnia inguinal?

A hérnia inguinal (virilha) e a hérnia inguinoescrotal (nos testículos) podem ser identificadas em consultório, logo, o procedimento está incluso no valor da consulta com o cirurgião.

Os valores podem ser maiores ou menores a depender da região em que o paciente realizará os procedimentos, assim como o laboratório escolhido. É importante ressaltar que pacientes com planos ou seguros saúde podem realizar os exames sem cobranças adicionais no valor da mensalidade. É importante consultar a cobertura do plano de saúde antes de agendar o exame para diagnóstico da hérnia inguinal.

Demais peculiaridades da hérnia inguinal

A hérnia inguinal é uma das patologias que mais afasta os profissionais de suas atividades laborais, conforme dados da Secretaria da Previdência do Ministério da Fazenda. Em 2017, sendo o ano com dados mais recentes acerca da condição, 42.154 mil trabalhadores tiveram que recorrer aos auxílios-doença previdenciários devido à condição médica.

A doença é mais comum em homens, devido à fraqueza na parede muscular ocasionada pela passagem do testículo para a bolsa escrotal. Entretanto, mulheres e bebês podem ser acometidos pela doença, sendo necessária a rápida intervenção médica para evitar complicações.

Tais dados reforçam a necessidade de se realizar o exame de hérnia inguinal de forma precoce. A identificação e cirurgia de remoção ajudam a diminuir os casos de afastamento das atividades laborais, assim como diminui os índices de hérnia encarcerada, que pode resultar na necrose dos tecidos internos.

cta-equipe

Fontes:

Ministério da Saúde;

Secretaria da Previdência do Ministério da Fazenda;

Sociedade Brasileira de Hérnia (SBH).

Deixe uma resposta