Fale conosco pelo WhatsApp

Cirurgia Robótica de Hérnia

Médica se preparando para executar uma cirurgia robótica
19set, 2019

A cirurgia robótica é um dos procedimentos mais modernos da medicina. Criada em 1999, é uma técnica minimamente invasiva onde ao invés de grandes cortes no abdômen são realizadas pequenas incisões por onde entram uma câmera e os instrumentos cirúrgicos.

A grande diferença com relação à cirurgia por videolaparoscopia, que já é praticada há algum tempo, é que no caso da cirurgia robótica o cirurgião não manipula diretamente os instrumentos, mas controla um aparelho robótico que executa a operação. A plataforma oferece imagens em alta definição (full HD) em três dimensões e conta com pinças com rotação de até 360 graus, o que possibilita um controle maior por parte do cirurgião no decorrer do procedimento.

A cirurgia robótica é utilizada para o tratamento de diversas patologias, dentre elas a hérnia na parede abdominal. Confira a seguir como é realizada a cirurgia robotizada e quais são os benefícios para o cirurgião e para o paciente.

Como funciona a cirurgia robótica?

O Dr. Sergio Roll, diretor técnico da clínica Hernia Care e atual vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia Minimamente Invasiva e Robótica (SOBRACIL), foi também um dos pioneiros no Brasil na cirurgia robótica. O procedimento é feito com o cirurgião controlando o robô através de um console que executa os movimentos cirúrgicos por meio de quatro pinças, conhecidas também como braços poliarticulados, que são flexíveis e permitem movimentações em 360 graus.

Na extremidade de uma dessas pinças existe uma câmera que gera as imagens em alta definição, possibilitando uma visão ampliada para o cirurgião. Os demais braços poliarticulados manipulam pinças cirúrgicas que replicam os movimentos operatórios feitos pelo cirurgião.

O paciente fica sob anestesia geral, assim como acontece com outras técnicas como a laparoscópica, para que a musculatura do indivíduo fique relaxada por completo. A técnica robótica é realizada com o auxílio de uma equipe médica composta por vários profissionais além de enfermeiro e anestesista.

Quais são as vantagens da cirurgia robotizada?

A tecnologia oferecida pela cirurgia robótica pode trazer benefícios para alguns pacientes portadores de hérnia abdominal, facilitando a realização de algumas técnicas cirúrgicas. Uma das principais vantagens é a possibilidade de o profissional reproduzir o movimento do punho por meio das pinças com uma visão em 360 graus, proporcionando uma maior precisão nos movimentos cirúrgicos.

Nesse contexto, a equipe da Hernia Care apresentou no Congresso da Sociedade Americana de Cirurgiões Gastrointestinais e Endoscópicos (SAGES) em 2017 um trabalho detalhando a experiência do grupo com uso da cirurgia robótica em casos de hérnias inguinais recidivadas (que voltaram após uma cirurgia anterior).

Neste ano, 2019, o Dr. Sergio Roll representará a Hernia Care no Congresso da Sociedade Europeia de Hérnia. Ele apresentará uma aula sobre ensino e treinamento da cirurgia robótica em hérnias da parede abdominal. Será mais uma oportunidade para compartilhar experiências com os maiores nomes da cirurgia de hérnia do mundo.

Algumas outras possíveis vantagens da cirurgia feita com robô para hérnia são:

• Redução na perda de sangue;
• Menor risco de infecção;
• Cirurgia e recuperação mais rápidas;

A indicação da cirurgia robótica para hérnia é realizada com base na análise clínica do paciente, caso a caso. Não são todos os pacientes portadores de hérnias abdominais que necessitarão ou se beneficiarão dessa opção técnica. Caso queira saber se a técnica robótica é recomendada no seu caso, entre em contato e agende uma consulta com os especialistas da Clínica Hernia Care.

cta-equipe

Fontes:

Clínica Hernia Care;

Bulletin of the American College of Surgeons;

Society of American Gastrointestinal and Endoscopic Surgeons (SAGES).